Artesanías de Colombia –  Uma política de Estado para a valorização do artesanato

Este é o primeiro artigo da série: Artesanato & Design –  que nós aqui na Rust Miner vamos abordar.

E nesta estreia, aproveitando o aniversário de 54 anos da “Artesanías de Colombia”, vamos falar sobre o papel de uma política de estado e do design para o sucesso do riquíssimo Artesanato Colombiano em todo o mundo.

+ de 50 anos de História

A “Artesanías de Colombia, é uma entidade estatal colombiana, criada em 6 de maio de 1964, com objetivo de promover e desenvolver todas as atividades econômicas, sociais, educacionais e culturais necessárias para o progresso dos artesãos e da indústria artesanal da Colômbia.

Desde sua criação, a entidade tem sua base operacional em Bogotá, capital colombiana, e durante esses 54 anos tem sido responsável pelo cumprimento de seu objetivo: elevar a qualidade, a produtividade e a competitividade do artesanato colombiano nos mercados nacional e internacional.

Dentre as atividades desenvolvidas, a entidade tem sido responsável por definir políticas de desenvolvimento, liderando e coordenando planos e programas estratégicos, chegando a acordos com entidades públicas e privadas para o investimento de recursos físicos, humanos e financeiros para impulsionar o setor.

Além de uma de suas tarefas mais importantes, Artesanias de Colômbia divulga a identidade do país e preserva  a herança cultural de cada um de seus cantos.

Quase um milhão de colombianos vivem direta ou indiretamente do  artesanato. Este setor, contribui significativamente para a economia nacional, conta com cerca de 350 mil artesãos, dos quais aproximadamente 60% provêm de áreas rurais e comunidades indígenas, e 65% são mulheres.

A entidade é uma política de Estado, não um plano de governo, ou seja, entra ou sai governo, a mesma está protegida e resguardada.

O governo colombiano incentiva os artesãos a usar o sistema de propriedade intelectual para proteger suas criações e obter uma remuneração equitativa por seus esforços, bem como para preservar a herança cultural  do país para as gerações futuras.

A riqueza e a diversidade do artesanato colombiano é impressionante, cada comunidade, tribo ou região tem sua especialidade: fibras, argilas, metais, madeira, etc… o que não gera competitividade entre os artesões, bem como desenvolve-se as principais habilidades de cada localidade.


O Papel do Design para agregar valor ao artesanato 

O principal fator de sucesso desta economia no país é sem sombra de dúvidas, haver políticas de Estado para o setor, mas há algo a mais: designers colombianos e do mundo todo, fazem parcerias com estas comunidades, ajudando assim a agregar valor aos seus produtos.

O trabalho dos designers não se dá de forma invasiva, antes de tudo, é preciso ter por parte destes profissionais muita humildade e sensibilidade para entender a cultura local. Eles precisam antes fazer uma imersão na cultura daquela comunidade, conhecer sua história, costumes e tradições, entender o significado de cada símbolo e material, só para depois em conjunto com os artesões trabalharem em melhorias, técnicas e resgates que agreguem valor aos produtos. Todos ganham, artesões e designers, seja em experiência e aprendizado, bem como retorno financeiro.

 

E por aqui? 

Leitura recomendada: Design e Artesanato – Adélia Borge

No Brasil não há uma política de estado que valorize o setor, e tão pouco o nosso artesanato tem o valor que merece reconhecido também pela população. Existem sim, alguns projetos isolados, mas ainda nada de significância impactante na economia e na vida dos artesões brasileiros. E é sobre este tema que vamos debruçar em novos posts, buscando exemplos de sucesso em nosso país. Mas é importante também que todos nós, artistas, artesões e designers em um ano de eleições, façamos pressão junto aos políticos e candidatos para que incluam em suas pautas politicas, não de governo, mas, sim de Estado, a valorização do artesão e do artesanato brasileiro. Consequentemente teríamos maior geração de renda e profissionalização do setor. Nós somos um País rico em cultura e criatividade artesanal, é preciso aprendermos a valorizar e resgatar nossa essência ancestral que é maravilhosa.

E você conhece algum projeto ou algo semelhante acontecendo por aqui? Gostaria de compartilhar sua opnião e visão sobre o tema? Vamos conversar, deixe seu comentário, compartilhe este artigo com seus amigos artesões, designes e também faça-o chegar até nossos governantes e futuros governantes.


Este conteúdo foi produzido por Rust Miner – Sustentabilidade com Estilo – Visite nosso site: Rust Miner para conhecer nosso trabalho

fonte: Artesanías de Colombia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *